Conspiração Buchanan-Taney

Conspiração Buchanan-Taney

Alguns críticos da decisão de Dred Scott acusaram o presidente James Buchanan de conspirar com o presidente do tribunal Roger B. Taney para permitir uma maior expansão da escravidão. Esses críticos incluíam Abraham Lincoln e outros republicanos. Em março de 1857, Buchanan anunciou em seu discurso inaugural que a questão da escravidão nos territórios logo seria resolvida. Dois dias depois, a decisão Dred Scott foi anunciada. O registro histórico parece indicar que Taney, pelo menos, forneceu notificação prévia ao presidente sobre a decisão do tribunal. Além disso, parece que Buchanan, em um claro abuso de sua autoridade, persuadiu a Justiça do Norte a se juntar aos sulistas, permitindo que a decisão parecesse menos partidária regionalmente.


Assista o vídeo: Buchanan introduces organisational behaviour