Salmon P. Chase

Salmon P. Chase

Salmon Portland Chase nasceu em Cornish Township, New Hampshire, filho de um taberneiro e funcionário público menor. Após a morte de seu pai, Chase viveu com um tio, Philander Chase, bispo episcopal de Ohio. Em 1826, ele se formou no Dartmouth College e mais tarde estudou direito em Washington com o respeitado procurador-geral dos Estados Unidos, William Wirt. Fase estabeleceu uma prática jurídica em Cincinnati, Ohio em 1830. Ele defendeu escravos fugitivos e aqueles que os ajudavam (ver Underground Railroad) ; ele também escreveu e deu palestras sobre abolicionismo e outros tópicos de reforma. A aliança política inicial de Chase foi com o partido Whig, mas em 1848 ele ajudou no estabelecimento do Partido do Solo Livre. De 1849 a 1855, Chase serviu no Senado dos EUA, onde foi um crítico aberto do Compromisso de 1850 e do Kansas. -Nebraska Act. Juntando-se ao novo Partido Republicano, Chase foi eleito governador de Ohio em 1855. Seu estado natal o devolveu ao Senado em 1861, mas ele logo renunciou para aceitar um cargo no gabinete de Lincoln. Fase buscou ativamente a presidência. Ele buscou sem sucesso a nomeação republicana em 1856 e novamente em 1860, quando foi considerado o favorito com William H. Seward. No último caso, ele liberou seus delegados para ajudar a garantir a nomeação de Lincoln na terceira votação. Em 1864, Chase manobrou nos bastidores, na esperança de ganhar a nomeação às custas de Lincoln. Mesmo como presidente da Suprema Corte, Chase esperava arquitetar seu caminho para a presidência em 1868 e 1872. Como secretário do tesouro de Lincoln, Chase atuou habilmente na orientação do financiamento durante a guerra. Chase também criticou as habilidades militares de Irvin McDowell, Henry Halleck e George B. McClellan. Em meados de 1864, o presidente aceitou a renúncia de Chase, mas no final do ano ele foi nomeado Chefe de Justiça. Ele presidiu o julgamento de impeachment de Andrew Johnson com justiça e, embora muitas vezes em minoria, procurou proteger os ex-escravos sob as 13ª e 14ª emendas.


A escola de direito foi fundada em 1893 e credenciada pela American Bar Association em 1959. A escola foi nomeada em homenagem ao chefe de justiça dos EUA, Salmon P. Chase, que foi nomeado para a Suprema Corte pelo presidente Abraham Lincoln em 1864. Antes de sua nomeação, Chase foi um dos políticos mais proeminentes de meados do século 19, servindo como senador dos Estados Unidos por Ohio, governador de Ohio e secretário do Tesouro sob Lincoln. Ele começou a praticar a advocacia em Cincinnati em 1830 e se tornou um defensor da abolição e do movimento antiescravidão, emprestando suas habilidades à causa dos escravos fugitivos, muitas vezes gratuitamente. Ele falava apaixonadamente em nome dos afro-americanos quando seu status e direitos não eram reconhecidos e se tornou conhecido como o "procurador-geral dos escravos fugitivos" por sua frequente defesa dos escravos e daqueles que os abrigavam. Em 2013, membros da família de Chase presentearam o Cincinnati Museum Center com um jarro de prata de lei dado a ele em 1845 por um grupo de agradecidos afro-americanos. [2]

O Salmon P. Chase College of Law foi inicialmente fundado como uma escola noturna de direito afiliada ao Cincinnati YMCA. As aulas foram ministradas no edifício YMCA em Central Parkway no centro de Cincinnati de 1917 a 1972. Em 1971, Chase cruzou o rio Ohio e se fundiu ao sistema de universidades do estado de Kentucky tornando-se parte da Northern Kentucky University (então "Northern Kentucky State College" ) [3] Durante o verão de 1972, a faculdade de direito mudou-se do centro de Cincinnati, atravessando o rio Ohio, para o campus Covington da NKU. Em 1981, Chase mudou-se para sua localização atual no campus da NKU em Highland Heights, permanecendo dentro da área metropolitana de Cincinnati / Northern Kentucky. Em 2006, a faculdade de direito foi rebatizada de NKU Chase College of Law.

O programa de tribunais simulados de NKU Chase foi classificado em 22º lugar pelo Blakely Advocacy Institute do University of Houston Law Center para o ano acadêmico de 2012–2013. [3] A classificação é baseada em pontos atribuídos por conquistas em competições nacionais de moot court. Alguns dos sucessos da equipe de competição do NKU Chase em 2012–13 incluem:

  • Prêmio Scribes de Melhor Brief do Ano (escolhido do briefing do concurso Wagner Labor & amp Employment Law) [3]
  • Competição de Tribunal Simulado Nacional em Lei de Bem-Estar Infantil e Adoção - campeão e vice-campeão, resumo do segundo lugar e melhor defensor da rodada final
  • South Texas Mock Trial Challenge - octo-finalista
  • Mugel National Tax Moot Court - semifinalista, melhor brief, e segundo e terceiro lugares, melhores oradores
  • Concurso de Julgamento Simulado de Direito do Trabalho e Emprego de Robert F. Wagner - finalista das quartas de final e melhor briefing
  • Regional Transactional LawMeet - segundo lugar
  • Competição Regional de Aconselhamento de Cliente ABA - terceiro lugar e
  • Competição Regional de Arbitragem ABA - campeã.
    , membro da Câmara dos Representantes dos EUA do 1º distrito da Carolina do Sul. , juiz, Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Ohio, Câmara dos Representantes dos EUA de Ohio
  • Michelle M. Keller, juíza, Suprema Corte do Kentucky, juíza sênior do Tribunal Tributário dos Estados Unidos
  • Candace Smith, juíza magistrada, Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Leste de Kentucky

Juiz federal dos Estados Unidos, Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Ohio Timothy Black de Brookline, Massachusetts


Eliza Chase

Salmon P. Chase: Lincoln & # 8217s Secretário do Tesouro
E marido de Eliza Chase
Henry Ulke, Artista

Salmon Portland Chase nasceu em 13 de janeiro de 1808, em Cornish, New Hampshire. Ele era o nono de onze filhos de Ithmar Chase e Janet Ralston Chase. Seu pai morreu quando Salmon tinha nove anos, deixando para sua viúva uma pequena propriedade e dez filhos sobreviventes. A educação de Chase começou em 1816 em Keene, New Hampshire, do que em uma escola melhor em Windsor, Vermont.

Seu tio, Philander Chase, bispo episcopal, levou Salmon para a floresta de Ohio. O jovem Chase estudou na escola do bispo & # 8217s em Worthington, perto de Columbus. Chase não gostava da vida monótona do trabalho agrícola. Seu tio o trabalhou duro enquanto ele simultaneamente estudava grego por dois anos.

Em 1822, o Cincinnati College nomeou o Bispo Chase como presidente do colégio. Aos quinze anos, Salmon Chase foi admitido no segundo ano. O bispo serviu lá apenas um ano, depois viajou para a Grã-Bretanha a fim de arrecadar dinheiro para a fundação do Seminário Teológico em Ohio, que mais tarde se chamaria Kenyon College.

Quando seu tio deixou o cargo de presidente no ano seguinte para viajar para a Inglaterra, Salmon Chase voltou para New Hampshire e se matriculou no Dartmouth College como um júnior, graduando-se com honra em 1826.

Após a formatura, Chase mudou-se para Washington, DC, onde lecionou enquanto estudava direito com William Wirt, que era procurador-geral dos Estados Unidos na administração de John Quincy Adams. Embora quisesse exercer a advocacia em Washington, Chase não atendia ao requisito de residência.

Ohio permitiu que ele usasse o tempo que ele viveu lá com seu tio depois que ele passou na ordem dos advogados em 1829, ele se mudou para Cincinnati para estabelecer seu escritório de advocacia. Como um jovem advogado, Chase consolidou os estatutos de Ohio & # 8217s em uma obra de referência de três volumes. Esta importante contribuição para a literatura jurídica de Ohio & # 8217s ajudou a melhorar sua reputação profissional.

Casamento e família
Chase se casou com Catherine Jane Garniss em 4 de março de 1834. Ela morreu no ano seguinte ao dar à luz o primeiro filho do casal, uma menina que morreu alguns anos depois.

Chase se casou com Eliza Ann Smith em 26 de setembro de 1839. Eliza deu à luz Kate (Katherine Jane) Chase em 13 de agosto de 1840, em Cincinnati, Ohio. Eliza Chase morreu de tuberculose logo após o quinto aniversário de Kate. O consumo, conhecido hoje como tuberculose, era uma doença comum sem cura.

Em 6 de novembro de 1846, Chase casou-se com Sarah Bella Dunlop Ludlow, com quem Kate Chase teve um relacionamento difícil. Após a morte de Sarah, também de tuberculose, em 13 de janeiro de 1852, Chase não se casou novamente. Viúvo três vezes e assombrado pela morte de quatro crianças, Salmon Chase amava suas duas filhas sobreviventes & # 8211 Kate e sua irmã mais nova Nettie, que sobreviveram ao pai.

Kate Chase se tornou uma jovem bonita e inteligente, que era a menina dos olhos de seu pai. Ela é mais conhecida como uma anfitriã da sociedade durante a Guerra Civil e uma forte defensora das ambições políticas de seu pai.

Os efeitos da morte, sempre tão próximos, aprofundaram o fervor religioso do Salmon Chase & # 8217s. Dias passados ​​em leitura da Bíblia e oração, e tortura da alma por possível negligência do dever em não impressionar os outros com a necessidade de salvação, deixaram uma marca profunda em Chase.

Chase como um jovem advogado
Como advogado, Chase fez sua residência permanente em Cincinnati. Foi uma escolha acertada. Localizada na margem norte do rio Ohio, com seu movimentado comércio ocidental e com território de escravos na margem oposta, Cincinnati ofereceu oportunidades esplêndidas para um jovem advogado de habilidade e fortes visões morais.

Chase se convenceu de que a escravidão era um pecado e que os afro-americanos mereciam não apenas a liberdade, mas também os direitos civis. Ele participou do movimento antiescravista e de outras atividades de reforma. Os talentos jurídicos de Chase & # 8217s foram rapidamente reconhecidos. Ele defendeu vários escravos fugitivos em tribunais locais e também federais, incluindo a Suprema Corte, e logo foi chamado de advogado dos escravos fugitivos. Em 1834, Chase defendeu o editor abolicionista e ativista James Birney, que havia sido preso por ajudar um escravo fugitivo a escapar.

Seu caso mais famoso foi a defesa de John Van Zandt, que foi preso enquanto carregava vários escravos fugitivos do Kentucky para a liberdade sob um fardo de feno em 1842. Chase e William H. Seward, atuando como advogados não pagos, carregaram Vanzant & # 8217s O caso ao Supremo Tribunal dos Estados Unidos, onde seus apelos eloqüentes pelos direitos das minorias em bases constitucionais atraíram a atenção nacional.

A insistência de Chase de que nenhuma reivindicação de pessoas como propriedade poderia ser apoiada por qualquer lei dos Estados Unidos ganhou o apoio antiescravidão entre aqueles que rejeitaram os pontos de vista extremistas militantes de William Lloyd Garrison. Também serviu para promover a posição política de Chase & # 8217 em Ohio e levou à correspondência com figuras antiescravistas nacionais como Charles Sumner.

Perseguição na Política
Inicialmente um Whig, Chase ajudou a formar o Partido da Liberdade antiescravista, e se tornou um de seus líderes, e do Partido do Solo Livre em Ohio em 1848, que era dedicado à não expansão da escravidão. Uma coalizão de Free Soilers e Democratas em Ohio elegeu Chase para o Senado dos Estados Unidos no início de 1849.

Durante seu único mandato, Chase condenou veementemente a Lei do Escravo Fugitivo e usou sua posição para protestar contra medidas como o Compromisso de 1850. Seu Apelo aos Democratas Independentes foi uma expressão clássica de protesto contra uma conspiração para nacionalizar a escravidão.

A oposição de Chase à Lei Kansas-Nebraska de 1854 o levou a ajudar a organizar o Partido Anti-Nebraska em Ohio, que logo ficou conhecido como Partido Republicano.

Em 1855, Chase concorreu com sucesso para governador de Ohio como um republicano. A escravidão foi a questão dominante da campanha. Como governador, ele defendeu a educação pública e a reforma penitenciária. Ele também apoiou a reforma da milícia estadual e a melhoria dos direitos de propriedade das mulheres. Chase foi reeleito governador em 1857, mas seu segundo mandato foi muito menos produtivo quando os democratas ganharam o controle da legislatura estadual.

O objetivo político final de Chase era se tornar presidente dos Estados Unidos, mas ele não conseguiu a nomeação republicana em 1856. A principal razão para essas perdas foram suas visões abolicionistas radicais.

Nesse ínterim, os republicanos recuperaram o controle da legislatura de Ohio em 1859 e enviaram Chase de volta ao Senado. Suas chances de nomeação republicana para presidente em 1860 pareciam promissoras. Mas na convenção republicana, a delegação de Ohio foi dividida e, na terceira votação, transferiu quatro votos para Abraham Lincoln, o que lhe deu a maioria necessária, colocando Chase em uma posição favorável para um cargo de gabinete se Lincoln fosse eleito.

Chase como Secretário do Tesouro
Apenas dois dias após assumir seu assento no Senado, Salmon Chase renunciou para se tornar Secretário do Tesouro de Abraham Lincoln. Chase teve um desafio imediato: a Guerra Civil Americana começou e era seu trabalho encontrar uma maneira de financiar o esforço de guerra da União. Vastas somas de dinheiro tiveram que ser emprestadas, títulos comercializados e a moeda nacional mantida o mais estável possível.

Com a receita alfandegária do comércio de algodão do sul cortada, Chase teve que implementar impostos internos. O Bureau of Internal Revenue, mais tarde o Internal Revenue Service, foi criado em 1862 para coletar impostos de selo e impostos internos. No ano seguinte, administrou o primeiro imposto de renda do país.

As taxas de juros dispararam e logo o recurso ao papel-moeda foi aceito com relutância. O Bureau of Engraving and Printing foi criado em 1862 para imprimir a primeira moeda do governo, conhecida como greenbacks por causa de sua cor. Chase as desaprovou em princípio & # 8211, eram notas com curso legal não lastreadas em espécie e podiam ser impressas em quantidades ilimitadas e, portanto, eram inflacionárias.

Durante os anos de Chase & # 8217 como secretário do tesouro, os Estados Unidos começaram a imprimir & # 8220In God We Trust & # 8221 em todas as moedas. Chase ganhou o apelido de Velho Senhor Greenbacks, depois de colocar seu próprio rosto na frente da nota de um dólar. Seu motivo era garantir que os americanos soubessem quem ele era.

Ele foi fundamental para o estabelecimento do Sistema Bancário Nacional em 1863, que abriu um mercado para títulos e moeda estabilizada. As notas verdes, dentro de uma nova rede de bancos nacionais, envolveram diretamente o governo no setor bancário pela primeira vez.

A Proclamação de Emancipação
Em seu diário, o secretário Chase registrou a reunião de gabinete em 22 de setembro de 1862, onde o esboço da Proclamação de Emancipação foi aprovado: & # 8220Para o Departamento cerca de nove. Veio um mensageiro do Departamento de Estado, avisando aos Chefes de Departamento para se reunirem às 12h. - Diversos telefonemas recebidos. - Fui à Casa Branca. & # 8221

Depois de ler um segundo rascunho para o Gabinete, Lincoln emitiu sua Proclamação preliminar, que anunciava que a emancipação entraria em vigor em 1º de janeiro de 1863, nos estados & # 8216in rebelião & # 8217 que não haviam, durante o período interino, cessado as hostilidades. Ele emitiu e assinou a Proclamação de Emancipação suplementar ou real em 1º de janeiro de 1863. Diz, em parte:

Considerando que, em 22 de setembro do ano de nosso Senhor mil oitocentos e sessenta e dois, uma proclamação foi emitida pelo Presidente dos Estados Unidos, contendo, entre outras coisas, o seguinte, a saber:

Que no primeiro dia de janeiro, no ano de nosso Senhor mil oitocentos e sessenta e três, todas as pessoas mantidas como escravas dentro de qualquer Estado ou parte designada de um Estado, o povo do qual então estará em rebelião contra os Estados Unidos , será então, a partir de então, e para sempre livre e o Governo Executivo dos Estados Unidos, incluindo a autoridade militar e naval do mesmo, reconhecerá e manterá a liberdade de tais pessoas, e não fará nenhum ato ou atos para reprimir tais pessoas, ou qualquer um deles, em todos os esforços que possam fazer para sua liberdade real.

Chase costumava criticar o presidente, que considerava incompetente e confuso. Suas principais queixas eram contra a manutenção do General George B. McClellan como comandante do Exército do Potomac e a recusa em usar tropas negras. As visões antiescravistas radicais de Chase, assim como suas ambições políticas, o colocam em desacordo com o Lincoln mais moderado.

O desacordo constante de Chase com as políticas da administração lhe rendeu seguidores entre os republicanos radicais no Congresso. Chase era um intrometido burocrático cujos interesses iam muito além do Departamento do Tesouro. Muitas vezes ele se envolveu na política em relação ao exército e aliou-se aos radicais, enquanto usava agentes do Tesouro para estabelecer uma rede política em todo o país.

Após a terrível derrota da União na Batalha de Fredericksburg em dezembro de 1862, um grupo de senadores, influenciado pelas reclamações de Chase & # 8217s, fez uma convenção secreta e redigiu um documento a ser apresentado ao presidente, exigindo & # 8220 uma mudança no e um reconstrução parcial do Gabinete. & # 8221 Foi, de fato, um esforço para remover Seward e avançar Chase. Ao saber do plano, Seward enviou sua renúncia ao presidente, que a pôs de lado.

Então, ao reunir os manifestantes e o resto do gabinete para uma discussão franca, Lincoln habilmente conduziu Chase a repudiar algumas de suas acusações. Isso feriu Chase tanto com o amigo quanto com o inimigo. Na manhã seguinte, ele ofereceu sua própria demissão. Lincoln agora tinha as renúncias de Seward & # 8217s e Chase & # 8217s e, tendo ganhado a vantagem, recusou-se a aceitar qualquer uma das duas.

Um associado do Chase, Hugh McCulloch, escreveu mais tarde que as relações pessoais entre o Sr. Lincoln e o Sr. Chase nunca foram cordiais. Eles eram tão diferentes em aparência, educação, maneiras, gosto e temperamento quanto dois homens eminentes poderiam ser. & # 8221 Mas Lincoln admirava Chase, uma vez dizendo que & # 8220Chase é cerca de uma vez e meia maior do que qualquer outro homem que eu já conheci. & # 8221

À medida que a guerra se arrastava, Chase ficou cada vez mais convencido da impossibilidade da reeleição de Lincoln. A Proclamação de Emancipação tinha sido satisfatória até o ponto que foi, ele sentiu, mas não foi longe o suficiente. Um novo líder com uma nova abordagem era necessário. Chase decidiu que era seu dever buscar a indicação republicana em 1864.

Um grupo de líderes radicais publicou um panfleto declarando Chase como o homem que melhor atende às necessidades do partido. O boom do Chase, no entanto, entrou em colapso quando Lincoln & # 8217s controlaram o público se tornou claro. Chase não teve sucesso em obter a indicação presidencial republicana em 1864, perdendo para Lincoln como em 1860. Isso tornou o lugar de Chase & # 8217 como membro do Gabinete embaraçoso e logo Chase apresentou sua renúncia. Em outubro de 1864, Lincoln aceitou, para grande desgosto do secretário.

Perseguir como Chefe de Justiça da Suprema Corte
Apesar de suas divergências, Lincoln ainda respeitava Chase. Quando o presidente da Suprema Corte, Roger Taney, morreu em outubro de 1864, Lincoln escolheu Chase para substituí-lo e se tornar o sexto presidente da Suprema Corte na história do tribunal, cargo que ocupou até sua morte.

Em um de seus primeiros atos como Chefe de Justiça, Chase nomeou John Rock como o primeiro advogado afro-americano a discutir casos perante a Suprema Corte. Logo depois disso, o presidente Lincoln foi assassinado e Chase fez o juramento presidencial a Andrew Johnson.

Chase presidiu a Corte durante o difícil período da Reconstrução. As tarefas importantes eram restaurar os sistemas judiciais do sul e manter a lei contra invasões do Congresso. Em dezembro de 1868, Chase confirmou o perdão do ex-presidente confederado Jefferson Davis.

Chase foi incapaz de obter uma maioria sólida durante seu mandato como Chefe de Justiça e muitas vezes se viu em dissidência em casos importantes.

Em março de 1868, Chase presidiu o julgamento de impeachment do presidente Andrew Johnson no Senado dos Estados Unidos. O Chefe de Justiça trouxe para o julgamento um ar de dignidade e imparcialidade muito necessário. Como o primeiro julgamento de impeachment de um presidente segundo a Constituição, Chase percebeu que o procedimento abriria precedentes importantes. Ele insistiu que o Senado se conduzisse como um tribunal de justiça, não como um órgão legislativo.

Enquanto isso, o ambicioso Chase ainda queria ser presidente dos Estados Unidos. Abandonando o Partido Republicano, buscou ativamente a nomeação presidencial do Partido Democrata em 1868. Ele teve a ajuda de sua filha brilhante, bela e rica, Kate Chase Sprague, que, como anfitriã mais pródiga de Washington, procurou promover seu pai. Carreira política de 8217s. Apesar dos esforços combinados de pai e filha, Chase nunca conseguiu conquistar esse cargo.

Chase tornou-se menos envolvido na política quando sua saúde começou a piorar. Ele sofreu um derrame em 1870 que o impediu temporariamente de participar da Suprema Corte. Apesar da saúde debilitada, ele voltou ao tribunal em 1871 e continuou a presidir como presidente do tribunal até sua morte. Perto do fim de sua vida, ele fez um esforço malsucedido para garantir a nomeação do Partido Republicano Liberal para a Presidência em 1872, mas eles escolheram Horace Greeley.

Os árduos deveres de Chase como presidente da Suprema Corte e esforços infrutíferos para obter a presidência levaram a um rápido declínio da saúde. Chase sofreu outro derrame na casa de sua filha Nettie, na cidade de Nova York.

Salmon Portland Chase morreu na cidade de Nova York em 7 de maio de 1873, aos sessenta e cinco anos, com suas duas filhas ao seu lado.

Um funeral foi realizado na Igreja Episcopal de St. George, na cidade de Nova York. Em 11 de maio, o corpo foi levado de volta a Washington, DC, para um funeral oficial do estado, jazendo nas Câmaras do Antigo Senado, no mesmo catafalco que abrigou o esquife do presidente Lincoln. Ele foi sepultado no cemitério de Oak Hill nas proximidades.

Imagem: Salmon P. Chase Grave
Cincinnati, Ohio
Um docente em vestido de época retrata a filha de Chase & # 8217s,
Kate Chase Sprague, que está enterrada nas proximidades.

Em 1886, o estado de Ohio solicitou que seu filho favorito fosse enterrado em Cincinnati. Salmon Chase e sua filha Kate, que morreu na pobreza em 1899, descansam juntos no cemitério Spring Grove fora de Chase & # 8217s Cincinnati amado.

Em 1877, o banqueiro de Nova York John Thompson deu ao Chase Manhattan Bank o nome de Chase, por causa de seus esforços para aprovar a Lei do Banco Nacional de 1863.

Chase recebeu uma última homenagem em 1934, quando o Tesouro dos Estados Unidos decidiu colocar seu retrato na nota de US $ 10.000.


Departamento do Tesouro dos EUA

Salmon P. Chase (1808 - 1873) renunciou ao Senado em 1861 para se tornar Secretário do Tesouro do presidente Lincoln quando a Guerra Civil começou. A guerra criou a necessidade de arrecadar dinheiro e, com a receita da alfândega proveniente do comércio de algodão do sul cortada, Chase teve que implementar impostos internos. O Bureau of Internal Revenue, mais tarde o Internal Revenue Service, foi criado em 1862 para coletar impostos de selo e impostos internos.

Sec. Salmon P. Chase
Henry Ulke
Óleo sobre tela
1880
65 1/4 x 55 1/4 x 4 7/8 "
P.1880.1

No ano seguinte, administrou o primeiro imposto de renda da Nação. Para financiar ainda mais a guerra, o Bureau de Gravura e Impressão foi criado em 1862 para imprimir a primeira moeda do governo, conhecida como dólar por causa de sua cor. Estas eram notas com curso legal não lastreadas em espécie. Chase desaprovou, em princípio, as notas com curso legal sem exigência de lastro em espécie, elas podiam ser impressas em quantidades ilimitadas e, portanto, eram inflacionárias. Ele reconheceu sua necessidade em um momento de emergência, mas mais tarde, como presidente da Suprema Corte, declararia as notas inconstitucionais. O Sistema Bancário Nacional foi criado em 1863 para estabelecer uma moeda uniforme. As notas verdes, dentro de uma nova rede de bancos nacionais, envolveram diretamente o Governo na atividade bancária pela primeira vez. Chase renunciou em 1864, tendo colocado as finanças da Nação em condições mais favoráveis. Lincoln o nomeou Chefe de Justiça no final daquele ano, e ele presidiu a Corte durante o difícil período da Reconstrução.


Leituras adicionais

Blue, Frederick J. 1987. Salmon P. Chase: A Life in Politics. Kent, Ohio: Kent State Univ. Pressione.

Cushman, Claire, ed. 1993. Os juízes da Suprema Corte: Biografias ilustradas, 1789–1993. Washington, D.C .: Congressional Quarterly.

Friedman, Leon e Fred L. Israel, eds. 1969. Os juízes da Suprema Corte dos Estados Unidos, 1789–1969: suas vidas e opiniões principais. Nova York: Chelsea House.

Hyman, Harold Melvin. 1997. The Reconstruction Justice of Salmon P. Chase. Lawrence: Univ. Imprensa do Kansas.

Niven, John. 1995. Salmon P. Chase: A Biography. Nova York: Oxford Univ. Pressione.


Qual era a aparência da nota original de $ 1

Tenho lido The End of Money, um livro repleto de curiosidades sobre a história do dinheiro, com foco especial no dólar. O livro menciona o ex-secretário do Tesouro, Salmon P. Chase, que teve a invejável posição de projetar a nota original de US $ 1 em 1862. Então, quem você acha que ele colocou nessa conta? Ele mesmo, é claro. Chase queria ser presidente e imaginou que ter seu rosto em uma moeda popular seria um marketing matador - obviamente, isso não deu certo. Acima está uma imagem (adequadamente de baixa fidelidade e não falsificada) da primeira nota de um dólar, cortesia do Wikimedia Commons.

O rosto de Chase também enfeita o reverso da nota de US $ 10.000 de 1929, como uma espécie de prêmio de consolação por seu rebaixamento de US $ 1 da fama. Outros fatos divertidos relevantes: o "P" em Salmon P. Chase significa "Portland" Chase National Bank foi nomeado em sua homenagem (embora ele não estivesse realmente envolvido em sua operação) e em 1869 George Washington substituiu Chase em nossas notas de $ 1 - - naquela época, Chase era membro do Supremo Tribunal Federal, declarando ativamente que sua própria criação do dólar era inconstitucional. Você teve uma boa corrida (sete anos), Salmon.


5 coisas que você não sabia sobre o Salmon Chase

Salmon P. Chase pode não ser o nome mais conhecido da história, mas o ex-senador que também atuou como Secretário do Tesouro de Abraham Lincoln e Chefe de Justiça da Suprema Corte deixou uma marca e tanto na política americana. Aqui estão cinco coisas que você pode não saber sobre o Chase:

1. Ele provavelmente está em sua carteira

Se você tiver sorte o suficiente para ter uma nota de US $ 10.000 enfiada no bolso de trás, você viu o rosto de Chase. Seu retrato aparece no anverso da conta gigante. Quando o Tesouro começou a emitir as notas em 1928, ele escolheu homenagear Chase por seu papel crucial em ajudar a popularizar as notas bancárias modernas.

Claro, o papel de Chase na introdução dessas notas não foi totalmente altruísta. Como Secretário do Tesouro, Chase foi encarregado de apresentar e popularizar a primeira emissão de notas de banco em dólar em 1861. Chase era politicamente ambicioso, então ele escolheu enfeitar a nota de $ 1 com a imagem de um grande herói americano - Salmon P. Chase . Quaisquer que sejam suas motivações, no entanto, Chase conseguiu fazer com que os americanos mudassem para o papel-moeda.

O nome de Chase pode aparecer em outro lugar em sua carteira. Embora ele não tenha fundado a instituição por conta própria, o Chase National Bank foi nomeado em sua homenagem. Com o passar dos anos, o banco se transformou em JPMorganChase, então o nome de Chase pode estar impresso em um de seus cartões de crédito.

2. Ele tinha ouvidos para slogans

Você já se perguntou como "In God We Trust" acabou em nossa moeda? Dê o crédito ao Chase. As pessoas naturalmente se tornaram um pouco mais conscientes da religião durante a Guerra Civil e, no final de 1861, estavam inundando o Secretário do Tesouro Chase para colocar algum tipo de reconhecimento de Deus na moeda americana.

Chase aparentemente achou que adicionar uma nota religiosa ao nosso dinheiro era uma boa escolha, então ele instruiu o diretor da Casa da Moeda da Filadélfia a propor "um lema que expressasse com o menor número possível de palavras esse reconhecimento nacional". A equipe da Casa da Moeda sugeriu "Nosso país, nosso Deus" ou "Deus, nossa confiança".

Chase gostou dessas idéias, mas mudou uma delas para "In God We Trust". O Congresso aprovou a mudança em 1864, e "In God We Trust" apareceu intermitentemente em moedas desde então.

3. Ele teve uma vida pessoal trágica

Um biógrafo contemporâneo de Chase o descreveu como "habitualmente sério e reservado no comportamento, ele não ria com frequência e tinha apenas uma pequena apreciação do humor". Chase tinha uma boa desculpa para não ser um barril de risos, embora sua vida pessoal fosse marcada por uma enxurrada de tragédias após a outra.

A primeira esposa de Chase morreu com apenas dois anos de casamento, e a filha do casal morreu antes de ela completar cinco anos. Chase se casou novamente em 1839, mas com resultados igualmente sombrios. Sua esposa e duas de suas três filhas morreram logo. Ele tomou uma terceira noiva em 1846, mas ela morreu apenas seis anos depois, assim como uma de suas duas filhas.

4. Ele realmente queria ser presidente

Chase nunca foi nomeado para uma chapa presidencial, mas não foi por falta de tentativa. Chase buscou uma indicação para todas as eleições entre 1856 e 1872 e não teve medo de pular de partido em partido em seus esforços para conquistar o primeiro lugar em uma chapa.

Na verdade, Chase fez carreira pulando de festa em festa. Ele foi eleito para o conselho da cidade de Cincinnati como um Whig em 1840, mas logo abandonou o barco para o Partido da Liberdade. O Partido da Liberdade acabou se transformando no Partido do Solo Livre. O Chase, com seu slogan, cunhou o grito de guerra, "Solo Livre, Trabalho Livre e Homens Livres".

Enquanto servia no Senado de 1849 a 1855, Chase se identificou como democrata, mas sua postura antiescravista o levou a se tornar um dos primeiros republicanos. As a last-ditch effort to get a presidential nomination, Chase even helped form the Liberal Republican Party to oppose the reelection of Ulysses S. Grant in 1872, but the party nominated Horace Greeley instead.

5. He Didn't Love Being on the Supreme Court

Most politicians would jump at the chance to be Chief Justice of the Supreme Court. Not Chase, though. Although the aspiring presidential candidate had served under Lincoln as Secretary of the Treasury, he still lusted after a spot in the White House for himself.

Thanks to his presidential ambitions, Chase would often threaten to resign from the Treasury post in order to make a run for the office. Lincoln declined to accept three of Chase's resignations, but the fourth try was the charm for Chase in 1864. Shortly after Chase's resignation, though, Chief Justice Roger B. Taney died. Lincoln nominated Chase for the opening, and on December 6, 1864, Chase became the sixth Chief Justice of the United States.

Chase wasn't a natural fit for the position, as evidenced by his aforementioned continued political campaigning. Although he made some progressive moves from the bench—he appointed John Rock as the first African-American to argue a case before the court—he didn't love the work. Chase held the position until his death in 1873, but he summed up his time on the bench thusly: "Working from morning till midnight and no result, except that John Smith owned this parcel or land or other property instead of Jacob Robinson I caring nothing and nobody caring much more, about the matter."


The Law of the Land: Chief Justice Salmon P. Chase

Photograph of Salmon P. Chase, ca. 1865-1870, via Ohio Memory. Chase’s argument in the Jones v. Van Zandt case, via the State Library of Ohio Rare Books Collection.

With a U.S. Supreme Court nomination in the news recently, this seems like a good time to look at the history of our nation’s highest court. Since the Supreme Court met for the first time in February 1790, ten justices have been either Ohio residents at the time of their appointment, or Ohio natives, including three chief justices: Morrison Waite, William Howard Taft, and Salmon P. Chase, the first Ohioan to become chief justice.

Chase was born in New Hampshire on January 13, 1808. After his mother died when he was young, he came to Ohio to live with his uncle, Episcopal bishop Philander Chase. He attended Cincinnati College and later Dartmouth, but moved back to Ohio in 1830 to practice law in Cincinnati.

Chase was a strong abolitionist, known for defending escaped slaves and those who were arrested for helping them. He argued against the constitutionality of the Fugitive Slave Act before the U.S. Supreme Court in Jones v. Van Zandt (1847), in which a Kentucky slave owner sought compensation from an Ohio abolitionist and Underground Railroad conductor for the cost of recovering escaped slaves. Although Chase argued that Van Zandt could not be found guilty of aiding a fugitive slave because slavery was illegal in Ohio, the court ruled against him and forced Van Zandt to pay damages.

Letter from the Hamilton County prosecuting attorney to Governor Chase regarding the Margaret Garner fugitive slave case (the inspiration for Toni Morrison’s novel Amado) Via Ohio Memory.

Chase was elected to the U.S. Senate in 1849, where he continued to oppose the Fugitive Slave Act and also fought against the expansion of slavery permitted by the Kansas-Nebraska Act. He then served two terms as Ohio governor from 1856-1860. (You can read Governor Chase’s “State of the State” addresses for 1857, 1858, 1859 and 1860 on Ohio Memory.) He was elected to the Senate again in 1859, but served only two days before resigning to become secretary of the treasury for Abraham Lincoln. In this role he oversaw the creation of a national banking system (which allowed the sale of government bonds to finance the Civil War) and also designed and issued the first U.S. paper currency. The politically ambitious Chase put his own image on the $1 bill so voters would be familiar with his name.

Chase desired high political office he unsuccessfully sought the Republican presidential nomination in 1856, 1860 and 1864, and would later seek the Democratic nomination in 1868. Chase’s relationship with Lincoln was contentious, and he threatened to resign his cabinet position more than once until Lincoln finally surprised Chase by accepting. However, after former Chief Justice Roger B. Taney died, Lincoln nominated Chase to serve in his place on December 6, 1864. Chase was confirmed by the Senate the same day.

One of Chase’s first acts as chief justice was to admit John Rock as the first African American attorney to argue cases before the Supreme Court. He also presided over the 1868 impeachment trial of Andrew Johnson, and later that same year, confirmed the pardon of former Confederate President Jefferson Davis. Chase served as chief justice until his death in 1873 in New York City.

Thank you to Stephanie Michaels, Research and Catalog Services Librarian at the State Library of Ohio, for this week’s post! Check back in coming weeks to learn more about Ohio’s other chief justices.


Salmon P. Chase

Nossos editores irão revisar o que você enviou e determinar se o artigo deve ser revisado.

Salmon P. Chase, in full Salmon Portland Chase, (born Jan. 13, 1808, Cornish Township, N.H., U.S.—died May 7, 1873, New York City), lawyer and politician, antislavery leader before the U.S. Civil War, secretary of the Treasury (1861–64) in Pres. Abraham Lincoln’s wartime Cabinet, sixth chief justice of the United States (1864–73), and repeatedly a seeker of the presidency.

Chase received part of his education from his uncle Philander Chase, the first Episcopal bishop of Ohio and later of Illinois, and his legal training (1827–30) from William Wirt, U.S. attorney general. From 1830 he practiced law in Cincinnati, Ohio, where he became widely known for his courtroom work on behalf of runaway slaves and white persons who had aided them. Originally a Whig, he changed his politics according to fluctuations in the antislavery movement. After leading the Liberty Party in Ohio (from 1841), he helped to found the Free-Soil Party (1848) and the Republican Party (1854). Between terms in the U.S. Senate (1849–55, 1860–61), he was the first Republican governor of Ohio (1855–59). He sought the Republican presidential nomination openly in 1856 and 1860, and surreptitiously in 1864 while serving in Lincoln’s Cabinet in 1868, during his chief justiceship, he sought the Democratic nomination as an opponent of the Radical Republicans’ program of reconstructing the defeated Southern states, and in 1872 he was once more an unsuccessful candidate.

At the 1860 Republican convention in Chicago, Chase permitted the delegates pledged to him to cast decisive votes for Lincoln on the third ballot. As a reward Lincoln appointed him secretary of the Treasury, in which position for the next three years he was responsible for financing the Union war efforts. He held the Treasury post until June 1864, and in December of that year he was appointed chief justice to succeed Roger Brooke Taney, who had died in October.


UNREMEMBERED

Salmon P. Chase

In the summer of 1861, after the Battle of Bull Run disproved the theory that the Civil War would end quickly, the U.S. Treasury Secretary at the time, Salmon Portland Chase, turned to the option of paper money to help pay Union soldiers.

This included the first government-issued dollar bill. A bill that looked much different than it does today.

For instance, the man on the front of the bill was Chase himself who did the honors of appointing his own likeness to the first “greenbacks (named for the green ink used on the back, with black ink in front).

Although serving the same party, Chase was still considered a savvy political nemesis of Abraham Lincoln, when in 1861, the newly elected 16th president tapped him as Treasury Secretary. The feuding didn’t end with the appointment. Seeking the high office himself, Chase’s frustration with the president would result in the secretary threatening to quit until Lincoln diffused the matter, as he often did, with a joke.

Chase resigned from the cabinet in June 1864 shortly before Lincoln was reelected to a second term. Later that year, Lincoln nominated Chase to the Supreme Court where he served as chief justice until his death in 1873 at the age of 65.

Eventually, Chase would be replaced by George Washington on the dollar bill.

But in 1928, more than 50 years after his death, Chase was honored again with his picture on the newly minted $10,000 bill.

The big dollar bills, like the $1,000 bill (Grover Cleveland), the $5,000 bill (James Madison), along with the $10,000 bill (with Chase) were used mainly for large transfers between banks. The largest paper denomination ever, printed in 1934, was the $100,000 bill featuring Woodrow Wilson.

Although it eventually went out of circulation, Chase’s $10,000 bill is still considered legal tender and banks would be glad to exchange it if collectors were crazy enough to pass on the market price that is now ten times more than its original face value.

Chase is also remembered to this day, by a large bank, now a merged institution, with his name still on the logo.


In 1808, in the year that Salmon P Chase was born, in late November or early December, the "mystery volcano" erupted. The eruption was so large that it affected air temperatures, the color of the sun, and cloud formations. It is believed the volcano was located in the western Pacific Ocean, somewhere between Indonesia and Tonga. Scientists are still trying to figure out the (exact) where, when, and how.

In 1833, on March 4th, Andrew Jackson was sworn in for a second term as President of the United States. Jackson had won the election over Henry Clay of Kentucky - Jackson got 54.2 % of the popular vote.

In 1888, on July 25th, a court stenographer from Salt Lake City - Frank Edward McGurrin - decisively beat the competition in a typing contest in Ohio. He was supposedly the only person who used touch typing and is believed to have invented the method. Touch typing is ubiquitous now - but Frank's win is what convinced everyone that the method was good!

In 1957, on September 24th, the "Little Rock Nine" (nine African-American students) entered Little Rock High School. Arkansas Gov. Orval Faubus had previously prevented the students from entering the school at the beginning of the term with the Arkansas National Guard - they blocked the door. President Eisenhower ordered federal troops - the 101st Airborne Division of the United States Army - to guard the students and allow them entry.


Assista o vídeo: Salmon P. Chase LIFE ft. Bob Marley. American Dollar Bill