Exploradores visitam a "ilha dos mortos", onde mais de 160.000 pessoas morreram durante o surto de peste negra

Exploradores visitam a

"Foi assustador", disseram eles depois de visitar a ilha italiana onde os infectados pela Peste Negra estavam confinados.

Os exploradores britânicos Matt Nadin e Andy Thompson compartilharam um vídeo de sua turnê pela Ilha Poveglia, na Itália. Este é o local para onde foram transferidos os infectados pela Peste Negra, no século 14, e onde foi encontrada uma vala comum onde haveria restos de alguns160.000 cadáveres.

Conhecido como 'Ilha dos mortos‘, O lugar foi mostrado pelos aventureiros que filmaram os edifícios abandonados e deteriorados, nos quais camas, banheiras e vários recipientes que teriam sido usados ​​paraqueimar os corpos e assim evitar a propagação da doença.

"Foi realmente assustador", disse Nadin, acrescentando: "Você realmente tem uma ideia dos horrores que aconteceram enquanto você caminhava." "Eleseles queimaram os corpos e os deixaram onde estavam.

A ilha nunca foi devidamente limpa, por isso tudo permaneceu como está ”, continua a sua história.

O vídeo do tour pela ilha localizada entre Veneza e Lido foi publicado na página do Youtube Finders Beepers History Seekers e lá você pode ver as instalações, incluindo um asilo e lá você pode ver as instalações que ao longo do tempo foram usado como um asilo.

“Mais tarde, quando se tornou um asilo, porque as pessoas eram empurradas para fora do caminho dos olhos curiosos, começaram a fazerexperimentos com eles, coisas horríveis, horríveis ”, descreveu.

"Todo o lugar era realmente estranho e assustador, embora você pudesse dizer pelos azulejos e arcos que teria sido um belo edifício originalmente", explicou Nadin, antes de afirmar que você pode dizer que ninguém estava na ilha há anos "porque não há graffiti ou qualquer coisa, tudo é decomposição natural ».

As imagens mostram também o que foi um hospital psiquiátrico onde foram realizados experimentos, comolobotomias, durante a década de 1920. Lá, até um médico cometeu suicídio atirando-se da torre do sino.

Por fim, Nadin comentou que “a natureza tomou conta de tudo” e que a cena apresentada pela ilha é “típica de um filme de terror”. “Definitivamente uma experiência que não esquecerei rapidamente”, concluiu.


Vídeo: PESTE NEGRA e a Dança da MorteHistória