O que é realismo? Resumo e características principais

O que é realismo? Resumo e características principais

O realismo da literatura teve um grande impacto na arte do final do século 19, sendo uma peça chave na história da arte que rompeu com o anterior, o romantismo.

Na sua vez, realismo nas artes plásticas espalhou-se pela América Latina, gerando um grande impacto social.

Naquela época, esse tipo de manifestação artística não era muito conhecido na região. Com este movimento artístico, tornaram-se conhecidos alguns dos artistas mais destacados da época, que mais tarde se tornaram um ícone do realismo artístico.

Da mesma forma, este movimento foi de grande importância para a sociedade pois através das obras foram mostradas muitas das injustiças e fortes realidades da época. Os artistas exigiram justiça para as pessoas vítimas destas situações.

Realismo literário

O realismo é considerado um movimento literário e artístico onde a realidade cotidiana é expressa objetivamente. O realismo não se baseia na beleza, mas ao contrário, reflete a realidade do homem em suas tarefas do dia a dia e nas lutas que deve enfrentar para sobreviver.

Portanto, os artistas captam a realidade que está diante de seus olhos e a capturam em suas obras, sendo essa visão diferente entre cada artista, embora prevalecesse em confiar nas pessoas menos favorecidas e nas tarefas do proletariado.

Enquanto isso, outros artistas da época preferiam adoçar a visão que tinham sobre a realidade e depois traduzi-la em suas obras.

A origem do realismo

O realismo surge após a Revolução Francesa em 1848, um período em que a arte abandona as questões políticas e se baseia quase inteiramente nas questões sociais da época.

A partir deste momento os trabalhos foram baseados em ilustrar a realidade histórica. Portanto, ao contrário de outros estilos artísticos, esse movimento não copia objetos religiosos ou mitológicos.

Os avanços tecnológicos na era pós-Segunda Revolução Industrial também estiveram ligados a esse movimento.

Além disso, o realismo teve muito compromisso social, uma vez que capturou e abordou questões que haviam sido ignoradas até agora.

Assim, tiveram uma grande variedade de temas, como trabalho, família, paisagens urbanas e rurais, obras íntimas, entre outros.

Por meio dessas obras realismo abordado fotografiapois transmitia sentimentos de vitalidade, novas abordagens e instantaneidade.

Da mesma forma, realismo é tudo sobre os detalhes, principalmente na concentração de todas as características essenciais e típicas das tarefas que apresentaram em seus trabalhos.

Características de realismo

Este movimento teve algumas características principais que conseguiram defini-lo e diferenciá-lo de outras manifestações artísticas.

  • Uma das principais características desse movimento é a reflexão sobre a realidade. Eles colocaram de lado os aspectos da beleza e se concentraram completamente na vida cotidiana. Tanto os aspectos bonitos quanto os que não eram tão bonitos.
  • Essas obras tiveram um estilo preciso sobre o que eles queriam transmitir. Além disso, eram bastante elaborados, portanto, possuíam uma grande quantidade de detalhes.
  • Da mesma forma, eles conseguiram trazer à tona e expressar os sentimentos mais íntimos por meio de seus trabalhos, a fim de mostrar a realidade de cada um e o trabalho que realizou.
  • Nas obras, eles distribuíram a atenção de forma igual, ou seja, foram baseados tanto na ambientes sociais como nos personagens. Esses ambientes eram preferencialmente urbanos e meticulosamente descritos em suas obras.
  • Os romances se baseavam em eventos totalmente reais, localizados em lugares específicos.
  • Nessas obras são denunciadas as injustiças visualizadas pelos artistas e refletidas em sua arte. Da mesma forma, atenção é exigida para todos os indivíduos despossuídos.
  • Os autores tiveram a necessidade de descrever o interior das pessoas através de suas obras, para isso, descreveram detalhadamente seu caráter, temperamento e até mesmo seus comportamentos. Além disso, dependendo de cada indivíduo que apareceu na obra, eles poderiam ter uma linguagem sofisticada ou comum.
    Da mesma forma, nessas obras o narrador é onisciente, ou seja, conhece detalhes do passado, do presente e pode até prever o futuro dos personagens de suas obras.
  • Essas obras apresentam aos indivíduos que a compõem empregos e até mesmo ofícios característicos dessa época, representando assim o modo de vida daquela época.

Autores do Realismo

Alguns dos os autores e escritores mais importantes do Realismo estavam:

  • Honoré de Balzac
  • Henri Beyle (Stendhal)
  • Gustave Flaubert
  • Gustave Freytag
  • Charles Dickens
  • William M. Thackeray
  • Perez Galdos
  • Leopoldo Alas
  • Emilia Pardo Bazán
  • Fyodor Dostoyevsky

No caso de Dostoievski, sua obra "Crime e Castigo", como "Os irmãos Karamazov", são considerados as grandes contribuições russas para o realismo.

Do lado histórico, devemos destacar Karl Marx, que em seus escritos sobre o materialismo histórico e a luta de classes, desperta a atenção das pessoas para as condições econômicas e sociais dos povos.

É, aliás, o momento em que doutrinas como socialismo, marxismo, e posteriormente, O comunismo, em comparação direta com os sistemas anteriores, liberalismo Y o capitalismo.

Artistas de Realismo

Dentro deste movimento, diversos artistas se destacaram pelas obras e trabalhos realizados. Alguns dos principais expoentes do realismo foram:

Gustave Courbet

É conhecido como o representante máximo e até mesmo como o fundador deste movimento. Este pintor manteve um forte compromisso político, pois acreditava que a pintura era um instrumento fundamental para defender as suas ideias.

Além disso, este pintor rejeitou a realidade que o envolviaPor isso, em vez de fugir dele, ele o pintou.

eu estava tentando mostram em suas obras toda a crueza do que observava ao seu redor, de forma que, desta forma, os adeptos de sua arte compartilhavam com ele o sentimento de rejeição.

Courbet buscou que, como resultado desses sentimentos de rejeição causados ​​por suas obras, indivíduos irão agir contra tais injustiças.

Jean-François Millet

Este é possivelmente um dos mais comentados artistas do realismo, especificamente o francês. Millet se destacou neste movimento por sua fazendeiro e camponês trabalha, onde procurou expressar a inocência dos camponeses em comparação com a degradação apresentada por indivíduos que faziam parte da sociedade industrial.

Além disso, as pinturas deste representante do realismo têm apelo indubitável. Isso fez com que Jean ganhasse a preferência do público que assistia a suas obras.

Honoré Daumier

Daumier é outro artista importante do realismo, que foi escultor, pintor e caricaturista da época, sendo muito observador em todas as suas facetas.

Além disso, criticou os aspectos negativos da realidade com bastante severidade, embora em muitas situações eu também pudesse expressá-los com um pouco de ternura.

Este artista destacou-se pela engenhosidade das suas obras e pela forma como interpretou as situações que observava.

Depois desse movimento veio o realismo mágico, termo cunhado por Franz Roh do qual falamos em uma ocasião anterior e que se concentrava principalmente em mostrar o estranho como algo real ou frequente.

Depois de estudar História na Universidade e depois de muitos testes anteriores, nasceu Red Historia, um projeto que surgiu como meio de divulgação onde você pode encontrar as notícias mais importantes sobre arqueologia, história e humanidades, bem como artigos de interesse, curiosidades e muito mais. Em suma, um ponto de encontro para todos onde possam compartilhar informações e continuar aprendendo.


Vídeo: 5 Minutos sobre: Romantismo na Prosa